Investir em imobiliário em Portugal

Pretende investir em imobiliário em Portugal? Vantagens e desvantagens a ter em consideração antes de fazer um excelente investimento

O seu projeto de investimento

Porquê comprar um imóvel em Portugal?


O contexto imobiliário em 2019 e previsão para 2020

Portugal conseguiu algo que parecia impossível : sair da crise económica em menos de dez anos e tornar-se um destino chave para o investimento imobiliário. Hoje, é um dos países mais atractivos do mundo e tem atraído cada vez mais compradores internacionais todos os anos.

Esta tendência internacional continua a verificar-se e os compradores portugueses estão também a regressar ao mercado. Portugal tornou-se rapidamente o destino preferido dos investidores imobiliários.

Em 2019, mais de metade de todas as transações imobiliárias em Portugal foram realizadas por estrangeiros.

Os britânicos e franceses continuam muito ativos no mercado imobiliário português, mas os brasileiros tornaram-se os principais investidores.

Várias outras nacionalidades são também seduzidas pelo património de Portugal, nomeadamente uma qualidade de vida, um ambiente ainda autêntico, um modo de vida suave, um custo de vida muito atrativo e cidades cada vez mais cosmopolitas. São estas forças, impulsionadas pela força do mercado imobiliário, que fizeram de Portugal o lugar ideal na Europa e no mundo para viver ou investir.

Os preços do imobiliário em Portugal, embora em constante subida, e atingindo níveis nunca antes vistos no país (10 500 euros/m2 em algumas zonas prime de Lisboa, em empreendimentos de luxo), mantêm-se a um nível razoável para compradores internacionais, em comparação com outras capitais ou grandes cidades europeias.

O ano de 2020 começou muito bem para o mercado imobiliário português, com ainda mais compradores nacionais e internacionais, sem falar de um número muito elevado de novos empreendimentos à venda em todos os segmentos de mercado.

Contacte um Consultor Imobiliário
Especifique o indicativo telefónico
A Tagus Property processa dados pessoais como forma de relacionamento comercial com os seus clientes. Mais informações.

Com a crise do COVID-19 esta tendência está a abrandar. De facto devido às medidas impostas pelos governos internacionais para combatermos juntos esta pandemia, o mercado imobiliário tem tido menos procura, o que é algo lógico dado que as pessoas não conseguem deslocar-se nem viajar para comprar imóveis.

A tendência, do nosso ponto de vista vai ser primeiro uma estagnação na evolução dos preços no mercado de imóveis residenciais de gama média e baixa, e dentro de alguns meses uma descida de preços pelo menos até ao final de 2020. No que diz respeito aos imóveis de luxo a tendência será do nosso ponto de vista menos impactante, com uma ligeira descida até ao final do ano.

Embora a pandemia do COVID-19 esteja a causar uma crise económica a nível mundial, Portugal está com uma gestão da crise a nosso ver bastante acima dos outros países europeus, pelo que a nossa imagem internacional tem dado que falar. Esta gestão poderá ter uma repercussão positiva e absorver de certa forma a crise económica que vamos dever afrontar.

Por todas estas razões, 2020 deverá ser um de estagnação (até Junho / Julho) para depois decrescer até pelo menos ao final do ano no imobiliário de média gama.

Vamos ficar atentos à evolução pois ninguém pode adivinhar exatamente como o imobiliário vai evoluir dentro deste período histórico e nunca antes vivido.

Dados gerais sobre Portugal


10,3 milhões de habitantes

300 dias de sol por ano

950 Km de costa

Um país estável

Meio Ambiente

Acessibilidade

Tranquilidade de espírito

Um país estável, barato e com um sistema fiscal vantajoso.

Um custo de vida entre os mais baixos da União Europeia, proporcionando um estilo de vida confortável,
Um sistema de saúde europeu e uma moeda europeia,
Não existem riscos financeiros importantes (taxa de câmbio, inflação, taxas de juro são todos controlados pelo Banco Central Europeu),
Formalidades facilitadas e um processo de compra totalmente transparente para compradores,
Um regime fiscal privilegiado: inexistência de impostos sobre as sucessões e doações para residentes portugueses, regime especial de isenção ou redução do imposto sobre o rendimento para residentes não habituais
Ainda hoje considerado um investimento estratégico e seguro por muitos residentes Franceses e Britânicos, Brasileiros, Americanos e Italianos.

Oportunidades imobiliárias a não perder!

Todos estes fatores contribuem para uma elevada qualidade de vida quando se considera Portugal como um destino de habitação permanente ou de férias.

Imobiliário em Portugal

Num período de pós crise em Portugal, será que um investimento é realmente adequado?

Por exemplo, o investimento financeiro necessário é muito menor do que para um investimento imobiliário na França. Além disso, surgiu uma tendência profundamente enraizada nas actuais condições económicas: um aumento da procura no mercado de arrendamento. Devido às dificuldades de financiamento imobiliário, os portugueses dependem cada vez mais de alojamentos arrendados, o que garante um bom nível de arrendamento, tanto em termos de preços como de selecção de candidatos.

Os rendimentos são bons em comparação com algumas cidades como Paris ou Londres, onde os preços por metro quadrado são altíssimos estão a limitar os rendimentos médios dos alugueres a cerca de 3%.
Lisboa pode oferecer rendimentos médios entre 5% a 10% para apartamentos em arrendamento para particulares.
Em imóveis comerciais, não é incomum ver a taxa de rendimento subir até aos 12%.


Portugal tem, por isso, sólidos activos de longo prazo e hoje encontrará excelentes oportunidades no mercado.

Dinâmica dos preços no mercado imobiliário português

O aumento dos preços da habitação em Portugal nos últimos anos tem sido bastante moderado.

Assim, entre 1998 e 2011, os preços residências em Portugal registaram um aumento muito moderado, ao contrário de outras economias da zona euro. Entre 2011 e 2019 os preços aumentaram até atingirem os valores anteriores à crise.

Já em 2008, a Espanha e a Irlanda, frequentemente comparadas com Portugal, registaram quedas acentuadas dos preços no mercado da habitação. Comparativamente, em Portugal, os preços da habitação mantiveram-se relativamente estáveis (durante o período de crise)

Não há bolha especulativa em Portugal

Todos os dados analisados demonstram que Portugal não registou uma bolha especulativa no mercado imobiliário e apontam a inexistência de sobrevalorização dos imóveis.

O mercado imobiliário é, por conseguinte, muito seguro: a ausência de sobreavaliação no preço dos imóveis reduz o risco no investimento.

O sector imobiliário em Portugal representa por estas razões um investimento sólido e seguro.

O futuro do mercado imobiliário português

As actuais conjunturas da economia portuguesa são favoráveis ao desenvolvimento do mercado de arrendamento, a lei do foi reformada, tornando o mercado de arrendamento mais dinâmico e com uma forte procura.

O mercado imobiliário português em poucas palavras

O mercado imobiliário português caracteriza-se por uma boa qualidade de oferta e por uma estabilidade relativa de preços. Representa uma sólida opção de investimento, nomeadamente no sector do turismo residencial ou de arrendamento de longo prazo.

AGÊNCIAS IMOBILIÁRIAS TAGUS PROPERTY EM PORTUGAL POR REGIÃO

Agência imobiliária em Lisboa

Contacte a nossa agência de Lisboa para falar do seu projeto de compra ou venda imobiliária.

Ler mais

Agência imobiliária na Costa de Prata

Contacte a nossa agência da Costa de Prata para falar do seu projeto de compra ou venda imobiliária.

Ler mais

Agência imobiliária no Algarve

Contacte a nossa agência do Algarve para falar do seu projeto de compra ou venda imobiliária.

Ler mais

“Somos uma equipa experiente de consultores imobiliários em Portugal para o apoiar em todas as fases do seu projeto.”